Análise cinemática dos movimentos da mão: pianistas X não pianistas

Tanto do ponto de vista motor quanto sensitivo, a mão é o segmento corporal mais rico. Seus movimentos finos e coordenados estão constantemente envolvidos nas diferentes tarefas que são executadas no dia a dia, seja no trabalho, em casa, no lazer ou na prática esportiva. Algumas atividades exigem mais dessa região, como tocar piano, por exemplo. O ato motor envolvido na prática pianística envolve movimentos ágeis e coordenados dos dedos, mas será que essa pratica leva a alterações no padrão de movimento dos dedos mesmo em tarefas com as mão que não envolvam especificamente o movimento de tocar piano? Os pesquisadores brasileiros Luciane Fernanda Rodrigues Martinho Fernandes, da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (Uberaba/MG), e Ricardo Machado Leite de Barros, da Universidade Estadual de Campinas (Campinas/SP), investigaram esse fato. Os resultados dessa pesquisa podem ser conferidos no artigo recentemente publicado no periódico científico Journal of Electromyography and Kinesiology. Confira abaixo os principais achados dessa pesquisa no resumo traduzido do artigo. O artigo original pode ser apreciado clicando aqui.

Diferenças no padrão de preensão e coordenação dos dedos entre pianistas e não pianistas (Grip pattern and finger coordination differences between pianists and non-pianists)

Luciane Fernanda Rodrigues Martinho FernandesRicardo Machado Leite de Barros

Journal of Electromyography and Kinesiology, Available online 13 March 2012, In Press, Corrected Proof

O objetivo deste trabalho foi averiguar as diferenças no padrão de preensão e cpprdenação dos dedos em pianistas e não pianistas, usando tarefas manuais não relacionadas à prática pianística. Onze pianistas com mais de 10 anos de prática intensiva foram comparados com quatorze não pianistas. Ambos os grupos executaram 4 tarefas com a mão direita: (1) preensão grossa em velocidade alta; (2) preensão grossa em velocidade baixa; (3) preensão em gancho em velocidade alta; (4) preensão em gancho em velocidade baixa. As coordenadas tridimensionais foram reconstruídas a partir de um sistema para análise cinemática, e os ângulos de flexão e extensão das articulações metacarpofalangianas foram calculados. Diagramas de fase foram analisados qualitativa e quantitativamente a fim de identificar diferenças entre os grupos. A análise de componentes principais foi usada para verificar as diferenças entre os grupos em relação à reprodutibilidade e regularidade dos ciclos de preensão palmar. Coeficientes de correlação entre os ângulos articulares foram usados para analisar a coordenação dos dedos. Os pianistas mostraram melhor reprodutibilidade e regularidade no padrão de preensão palmar, bem como movimentos dos dedos mais coordenados.

VI Congresso Brasileiro de Comportamento Motor

 O VI Congresso Brasileiro de Comportamento Motor será realizando na cidade de São Paulo, entre os dias 05 e 07 de Julho de 2012, com o apoio da Universidade Cruzeiro do Sul – Instituto de Ciências da Atividade Física e Esporte/ICAFE e da Sociedade Brasileira de Comportamento Motor (SOCIBRACOM). O objetivo dessa edição do CBCM é apresentar uma programação de altíssimo nível, com a realização de 3 conferências, 4 mesas redondas, 4 minicursos, 4 sessões de temas livres e 2 sessões de pôsteres.

Datas importantes:

Envio de trabalhos: até 1 de maio de 2012

Mais informações no site do evento: http://www.cbcm2012.com.br/index.php

Especialização em Cinesiologia – Universidade Federal do Rio Grande do Sul

A Escola de Educação Física da UFRGS está recebendo inscrições para o Curso de Especialização (Lato Sensu) em Cinesiologia – 11ª Edição, com início em 12 de março de 2012, totalizando 360 horas-aula de carga horária. As aulas acontecerão às segundas e quartas-feiras, das 18h30min às 22h45min, na Escola de Educação Física – ESEF (Rua Felizardo, 750 – Campus Olímpico). Os interessados devem se inscrever no período de 23 de janeiro a 07 de março, na secretaria dos cursos de Especialização, de 2ª a 5ª feiras das 14hs às 20h. Informamos que as inscrições e matrículas serão realizadas concomitantes. O preenchimento das vagas será por ordem de chegada, até o limite de 45 vagas. Maiores informações referente a documentação necessária e do formulário de inscrição, estará disponível no site http://www.esef.ufrgs.br/especializacao/cinesiologia.php.