Atlas de fisiologia e fisiopatologia

Um grupo de pesquisadores do Laboratório de Biocibernética e Ensino Assistido por Computador da Charles University (República Checa) está desenvolvendo um atlas interativo de fisiologia e fisiopatologia baseado em simulação. Um artigo sobre o atlas, “The Atlas of Physiology and Pathophysiology: Web-based multimedia enabled interactive simulations”, foi publicado no periódico Computer Methods and Programs in Biomedicine (Comput Methods Programs Biomed. 2011 Nov;104(2):143-53).

Infelizmente o atlas ainda traz poucas coisas em inglês, sendo a maioria em checo, mas como ainda está em desenvolvimento vale a pena acompanhar e esperar as novidades. A sessão que fala sobre músculo traz uma ferramente interativa interessante sobre a produção de força pelo músculo e a participação dos compomentes elásticos, facilitando o entendimento da relação comprimento-força muscular. Além das questões fisiológicas, também está sendo desenvolvida uma sessão sobre leis da física.

Para ter acesso ao atlas acesse http://www.physiome.cz/atlas/index_en.html.

Seminário – Tornozelo e pé: aspectos biomecânicos

WHY WE STAY IN SCHOOL 2

Professores da UC Davis apresentam o segundo vídeo da série WHY WE STAY IN SCHOOL, uma tentativa de chamar a atenção de crianças e adolescentes para o estudo de ciências, matemática e engenharia. Dessa vez eles falam de biomecânica do esporte!

Confira o que os professores são capazes de fazer para chamar a atenção dos alunos…

XII International Symposium on 3D Analysis of Human Movement

O XXII International Symposium on 3D Analysis of Human Movement acontecerá em Bologna, Itália, entre os dias 18 e 20 de julho de 2012.

O grupo de Análise 3D do Movimento Humano (grupo técnico oficial da Sociedade Internacional de Biomecânica) promove um forum para discussão de assuntos relacionados à mensuração dos movimentos humanos em 3 dimensões.  A conferência contará com os seguintes tópicos:

  • Medidas em ambientes externos e dispositivos inerciais
  • Modelagem musculoesquelética e articular
  • Rastreamento sem marcadores
  • Desenho industrial e ergonomia
  • Análise de movimento na área da saúde

Professores envolvidos:
Kamiar Aminian, Ecole Polytechnique de Lausanne, Suiça
Aurelio Cappozzo, Università Foro Italico, Itália
Scott Delp, Stanford University, USA
Simone Di Piazza, Ducati Motor Holding, Itália
Tung-Wu Lu, University of Taipei, Tailândia
Anat Mirelman, Sourasky Medical Center, Israel
Marco Viceconti, Istituto Ortopedico Rizzoli, Itália

Mais informações em http://www.3dahm2012.com/

 

 

Análise cinemática tridimensional do salto em distância

A análise biomecânica é uma forte aliada dos atletas quando se trata de análise de desempenho e essa área, felizmente, vem crescendo no Brasil. No salto em distância, por exemplo, uma análise cinemática permite calcular variáveis importantes relacionadas à execussão do salto, as quais vão ter influência direta na distância alcançada.

Os campeões olímpicos de salto em distância Maurren Maggi e Irving Saladino, treinados pelo brasileiro Nélio Moura, mestre pela Unicamp, estão entre os atletas de alto nível que tiveram seus movimentos detalhadamente capturados e analisados por meio de variáveis cinemáticas pela pesquisadora da Faculdade de Educação Física (FEF) da Unicamp Jerusa Petrovna Resende Lara e pelo grupo do Laboratório de Instrumentação para Biomecânica (LIB). A pesquisa acaba de ser divulgada no Jornal da Unicamp, e fez parte da sua dissertação de mestrado:

Dissertação: “Análise cinemática tridimensional do salto em distância de atletas de alto nível em competição”
Autora: Jerusa Petrovna Resende Lara
Orientador: Ricardo Machado Leite de Barros
Unidade: Faculdade de Educação Física (FEF)/ Universidade Estadual de Campinas

Barra de ferramentas de biomecânica para Excel

Processamento de dados em análise do movimento humano pode ser uma tarefa difícil para os estudantes de graduação, que são muitas vezes pela primeira vez confrontados com este tipo de análise.  Particularmente nos cursos que normalmente tem pouco ou nenhum conteúdo relacionado à computação ou matemática, como educação física, fisioterapia e terapia ocupacional, ciências do desporto, biologia, etc, isso pode ser um desafio. O uso de softwares complicados nessa fase pode levar à desilusão dos alunos.

Buscando solucionar este problema, Jos Vanrenterghem, professor da School of Sport and Exercise Sciences da Universidade Liverpool John Moores criou uma ferramenta para Excel: Biomechanics Toolbar. Seu objetivo é  fornecer um pacote educacional com ferramentas de processamento de dados básicos que podem ser executados dentro de um ambiente que é familiar ao aluno. A Biomechanics Toolbar funciona como uma barra de ferramentas tradicional do Microsoft Excel e contém as seguintes ferramentas:

GERAIS

  • Gap filling (interpolação de dados em caso de lacunas)
  • Time normalisation (normalização pelo ciclo)
  • Frequency reduction (redução da frequência)
  • Endpoint synchronisation (sincronização de dados de ensaios diferentes sem perder as características mecânicas ao longo do tempo)
  • Invert data (muda o sinal de positivo para negativo ou vice versa)

EMG

  • Butterworth Low Pass Filter
  • Critically Damped High Pass Filter
  • Band Pass Filter
  • Full wave rectification

KINEMATICS – KINETICS

  • Residual Analysis (análise de resíduos para escolha do parâmetro de corte do filtro)
  • Butterworth Low Pass Filter
  • Differentiation (derivação)
  • Integration (integração)

Para ver como instalar e baixar a barra de ferramentas Biomechanics Toolbar clique aqui.

Vale a pena ressaltar que essa barra de ferramentas foi criada para propósitos educacionais apenas, e dependendo da versão do Microsoft Excel podem ocorrer pequenos erros  nos dados.

Simpósio Brasil-Itália de EMG

A Universidade Federal do Rio Grande do Sul está divulgando o Simpósio Brasil-Itália de Eletromiografia de Superfície que ocorrerá na primeira semana (4 e 5) de novembro de 2011 na ESEF-UFRGS.

O Simpósio está sendo organizado pelo Prof. Marco Aurélio Vaz e contará com a participação do Prof. Merletti, da Politecnico di Torino, uma das maiores autoridades na área de eletromiografia de superfície, e o pioneiro no desenvolvimento da eletromiografia de multicanais.
Ele estará apresentando os novos conhecimentos e a nova tecnologia desenvolvida para a utilização dessa técnica de EMG de superfície de multicanais.

Como o número de vagas é relativamente restrito em função da parte prática não comportar um grande número de participantes, solicita-se aos interessados que efetuem a sua inscrição o mais breve possível.

Apenas as palestras do simpósio serão transmitidas online (a parte prática não será transmitida).

Veja o cartaz abaixo para mais informações

Para se inscrever basta seguir as orientações do documento abaixo:

Simposio EMG. Documento de inscrição